Compartilhe:

Igreja católica celebra dia dos Santos Inocentes

Imagem retirada de: https://img.cancaonova.com/cnimages/canais/uploads/sites/11/2018/12/MISSA-GRUTA-DE-SAO-JOSE-Leticia-Sauthier.jpg

Nesta sexta-feira, 28, a Igreja Católica faz memória dos chamados “Santos Inocentes”, vítimas imoladas por Herodes que, segundo as Sagradas Escrituras, queria matar o Menino Jesus. Assim sendo, ordenou que fossem mortas todas crianças com menos de dois anos que se encontravam em Belém.

Para celebrar a data, fiéis se reuniram hoje para uma Missa na Gruta de São José, no complexo da Basílica da Natividade, em Belém. A Gruta marca o local onde São José, advertido pelo anjo, decidiu fugir com sua família para o Egito diante da ameaça de Herodes. A celebração foi presidida pelo Vigário da Custódia da Terra Santa, frei Dobromir Jaztal.

Na homilia, o frei explicou que a tradição de celebrar os Santos Inocentes vem do quarto século e que este lugar exprime o que a Liturgia quer transmitir. “A maldade do pecador, como Herodes semeia morte e ódio enquanto o amor do justo e do inocente, como Jesus, traz frutos de vida e salvação”.

Chamando atenção para o exemplo do Pai Adotivo de Jesus, o Vigário custodial disse que o único modo para realizar a própria vocação é a disponibilidade e a aceitação da vontade de Deus mesmo diante das contrariedades e perigos que acompanham nossa vida.

“A Liturgia de hoje pode nos ensinar que o amor vence porque Deus é amor. Ele é a vida, Ele deu a vida! Então, a morte dos inocentes, um ato terrível, brutal, por fim, encontra solução em Deus. Estes inocentes mortos cruelmente hoje são vencedores, hoje são santos, mártires, gozam da glória do céu (…). Deus quer que todos sejamos todos santos, que todos se convertam e alcancem o céu!”, afirmou o Frei Dariusz Jaros, ofm, do Convento Franciscano Santa Catarina ad Nativitatem.

A Gruta do Leite

Bem próximo da Basílica da Natividade, está a Gruta do Leite, local relacionado à memória celebrada hoje pela Igreja. De acordo com uma tradição, quando Herodes mandou matar as crianças, a Sagrada Família se escondeu ali antes de fugir para o Egito.

Acredita-se que, neste local, a Virgem Maria amamentou Jesus e que uma gota do seu leite caiu sobre as pedras, o que as tornou brancas. A gruta se tornou local de oração e há muitos séculos é tida como miraculosa, especialmente para mulheres que desejam um parto sereno, abundância de leite e, ainda, para casais que desejam engravidar.

Sobre a data

A festa dos Santos Inocentes foi instituída pelo Papa São Pio V. As vítimas recordam a eminente dignidade das crianças na Igreja. Nos dias de hoje, a festa também é um convite a refletir sobre a situação atual desses milhões de “pequenos inocentes”: crianças vítimas do descaso, do aborto, da fome e da violência.

 

Fonte: Canção Nova