Compartilhe:

CADV e Pastoral Familiar disponibilizam subsídios para a Semana da Vida

Imagem retirada de http://arquidioceserp.org.br/noticias?id=10799

Caros padres, diáconos, religiosos e fiéis de nossa Arquidiocese,

“Sou Eu, o Senhor, quem faz viver!” (cf. Dt 32,39)

De 1 a 7 de outubro será celebrada em todo o país, e também em nossa Arquidiocese, a Semana Nacional da Vida e o Dia do Nascituro no dia 8. O Subsídio “Hora da Vida”, este ano, nos ajuda a refletir com o tema: “A fecundidade do amor na família”.

O “Hora da Vida” é um forte instrumento de estudo, reflexão e oração, respeitando as diversas realidades encontradas em todo o país, assim o agente de Pastoral pode seguir o roteiro sugerido de acordo com a sua realidade. Pode-se celebrar em casa, no quintal, no pátio de uma escola, nas comunidades, setores e em nossas igrejas, pode-se fechar uma rua e convidar os vizinhos para participar etc. Daí reforçamos o convite e proposta de nossas paróquias também fazerem uso desse rico material, semelhante ao “Hora da Família” ou do material que preparamos e deixamos à vossa disposição, afim de colaborar com nossas Semanas da Vida.

Com o propósito de ser um instrumento profético para despertar nas pessoas a importância e a beleza do dom concedido por Deus, que é a vida. Neste sentido o nosso Arcebispo, a Pastoral Familiar e a Comissão em Defesa da Vida de nossa Arquidiocese, convida todas as nossas comunidades, a se reunirem para um momento a reflexão e oração em defesa da vida, reforçando a consciência e o inviolável valor da vida humana.

Material
Segue um material sugestivo, preparado pela Pastoral Familiar e Comissão em Defesa da Vida que pode ser adaptado para cada momento e realidade paroquial. Aproveitamos para reforçarmos o convite à todos da celebração Eucarística, presidida pelo Arcebispo Dom Moacir Silva, no dia 8 de outubro, Dia do Nascituro, na Paróquia Santa Ângela, em Ribeirão Preto, às 19h30.

“Devemos incentivar todo o respeito pela vida desde a concepção até o seu fim natural. Vida é Dom de Deus e a Ele pertence, o direito humano que não pode ser negociado” (Dom João Bosco, bispo de Osasco e presidente da CEPFV da CNBB).

A Semana Nacional da Vida nos faz lembrar de que somos Igreja, comunidade de santos e pecadores. Neste momento delicado da História, toda a Igreja do Brasil se une através de oração em prol das famílias em um ato de valorização da dignidade da vida, desde a sua concepção até o declínio natural, assim como Deus o concebeu. Não podemos nos calar diante de um mundo que esmaga e reduz nossos fetos e vida humana como material de mercado!

fonte: Arquidiocese de Ribeirão Preto, com informações da Pastoral Familiar Arquidiocesana e da Comissão aRquidiocesana de Defesa da Vida