Compartilhe:

Ações solidárias na arquidiocese para enfentar a pandemia

Imagem retirada de http://arquidioceserp.org.br/noticias?id=12266

As paróquias da Arquidiocese de Ribeirão Preto têm feito diversas ações no intuito de promover iniciativas solidárias caritativas em favor das pessoas atingidas direta ou indiretamente pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os gestos de solidariedade e caridade cristã são um recurso para minimizar os efeitos das duras medidas de isolamento social adotadas por muitos governos seguindo as orientações das autoridades sanitárias para conter o avanço da pandemia. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil lançou, em 12 de abril, Domingo de Páscoa, a “Ação Solidária  Emergencial  da Igreja no Brasil para enfrentar a pandemia do coronavírus” que convoca a sociedade brasileira a uma Ação Solidária Emergencial com gestos concretos de ajuda às famílias em situação de vulnerabilidade diante da pandemia de Coronavírus: “Sabemos que muitas comunidades, paróquias e dioceses realizam muitos trabalhos de promoção da dignidade humana e também ações de solidariedade com pessoas em situação de vulnerabilidade social há muitos anos. Por isso, a Igreja do Brasil convoca todas as pessoas de bom coração, especialmente, suas comunidades eclesiais, para que se somem às iniciativas já em curso ou promovam novas ações de solidariedade nesse momento tão difícil da vida humana”.

Nos meses de março e abril muitas paróquias da arquidiocese promoveram ações solidárias de arrecadação de alimentos para montagem de cestas básicas destinadas às famílias atendidas pelas paróquias e outras em situação de vulnerabilidade social. Relatamos aqui alguns desses trabalhos e ressaltamos que, trata-se apenas uma pequena amostra das iniciativas, um pequeno registro da imensidão de gestos de solidariedade e caridade cristã verificados nas paróquias da arquidiocese.

Drive-Thru Solidário
Com o objetivo de evitar aglomerações e de forma segura evitar o contato físico, algumas paróquias, com o apoio de voluntários, organizaram a arrecadação de doações de alimentos não perecíveis no formato “drive-thru”. A paróquia Nossa Senhora dos Canaviais, no Adelino Simioni, em Ribeirão Preto, no dia 29 de março, realizou a “Adoração Solidária”. O Santíssimo foi exposto na porta de entrada da paróquia e os paroquianos puderam fazer a adoração passando de carro defronte à igreja e entregar ali a doação de alimentos. A paróquia em mensagem postada na fanpage paroquial agradeceu os paroquianos: “Hoje, para aqueles que estavam sentindo falta de estar na presença do Santíssimo, tivemos a adoração solidária, na porta de nossa Matriz. Ele ficou exposto e aqueles que passavam de carro faziam a sua breve adoração. Pedimos também a doação de alimentos e produtos de higiene pessoal que é sempre feita no 3º domingo do mês, para aquelas famílias que são assistidas pela nossa paróquia. Nosso muito obrigado pelas doações que Deus os abençoe”.

No Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor, 05 de abril, a paróquia São Francisco de Assis, no Castelo Branco, em Ribeirão Preto, após a transmissão da missa, defronte a paróquia realizou a bênção dos veículos e consequentemente a arrecadação de alimentos. Um grande número de fiéis se locomoveu para receber a bênção trazendo ramos consigo nos veículos, e fizeram a doação de alimentos para a montagem de cestas básicas a serem destinadas as famílias atendidas pela paróquia. Na fanpage paroquial a paróquia agradeceu a solidariedade dos paroquianos: “Nada mais reconfortante do que uma benção neste momento. Hoje nossa comunidade foi abençoada pelo padre Luís Gustavo e o Diácono Júnior. Foi emocionante! E, o nosso muito obrigado a todos que levaram alimentos para doação, Deus os abençoe!”

A paróquia Jesus Misericordioso e Santa Edwiges, no Jardim Nova Aliança, em Ribeirão Preto, possibilitou aos fiéis a “Adoração Solidária” com a exposição do Santíssimo na porta da Igreja e a arrecadação de alimentos, conforme orientações aos fiéis publicada na fanpage paroquial: “Nesta Quinta-feira Santa, 09 de abril, teremos a oportunidade de um pequeno Encontro com o Senhor. Seguindo as orientações de distanciamento social, estaremos expondo o Santíssimo Sacramento em frente nossa paróquia para que, de carro, você possa passar fazendo sua oração e podendo fazer um gesto concreto de ofertar alimentos não perecíveis em favor dos mais necessitados”.

No Parque das Andorinhas, em Ribeirão Preto, a paróquia São Judas Tadeu, realizou o “Drive-Thru da Caridade”, após a transmissão da celebração da Adoração da Cruz, na Sexta-feira Santa, 10 de abril. Os fiéis passaram com o carro em frente a paróquia onde foi colocada a imagem do Senhor Morto para um breve momento de oração, e na sequência, fizeram a entrega da doação de alimentos não perecíveis a serem doadas as famílias em vulnerabilidade social. A arrecadação totalizou 567 quilos de alimentos.

Também na Sexta-feira Santa, 10 de abril, a paróquia Imaculada Conceição, em Dumont, ofereceu aos paroquianos a possibilidade de contemplar e meditar defronte à igreja as imagens do Senhor Morto e de Nossa Senhora das Dores. Durante a passagem em seus veículos os fiéis puderam fazer a entrega da doação de alimentos a equipe de voluntários da paróquia. “Na vida da nossa Igreja e na nossa vida nesse momento em que as nossas casas mais do que nunca se tornaram igrejas domésticas aqui fica a minha gratidão por todas aquelas pessoas que puderam passar aqui na frente da Igreja Matriz Imaculada Conceição nesta Sexta-feira Santa. Quantas pessoas estão necessitadas neste momento do alimento, e aqui fica a minha gratidão a todas as famílias que passaram e nos doaram os alimentos. Muito obrigado! Que Deus abençoe e conserve sempre assim a generosidade no coração de cada um de vocês”, agradeceu o pároco padre Danilo Rufato.

Coleta de Alimentos
A Catedral Metropolitana de São Sebastião, em Ribeirão Preto, promoveu ampla campanha para arrecadar cestas básicas, material de limpeza e higiene pessoal. As doações foram entregues na própria Igreja pelos fiéis, colaboradores, e advindas de algumas paróquias, e ampliada no Domingo de Páscoa, durante a iniciativa “O Ressuscitado visita o seu povo” quando os fiéis puderam colaborar fazendo a doação. As doações foram disponibilizadas às famílias cadastradas pela Catedral.

A Pastoral Social da paróquia Santa Teresinha Doutora, na Ribeirânia, em Ribeirão Preto, mobilizou os paroquianos e colaboradores para a cumprir a meta mensal de arrecadação de alimentos para a montagem de 90 cestas básicas destinadas as instituições assistidas e também encaminhadas às paróquias irmãs que ao receberem as cestas básicas fazem a distribuição para as famílias em vulnerabilidade social. As cestas são disponibilizadas para as seguintes paróquias e instituições: São Camilo de Léllis, Nossa Senhora da Penha, Jesus Crucificado, Santa Rita de Cássia (Portal do Alto), Nossa Senhora de Lourdes, São Mateus Apóstolo, Asilo Santa Rita de Cássia e Creche São Francisco.

Em Cássia dos Coqueiros, a paróquia Santa Rita de Cássia, propôs aos paroquianos a campanha “Igreja Solidária”, e na Iniciativa o “Ressuscitado visita o seu povo”, no Domingo de Páscoa, os paroquianos fizeram as doações que foram destinadas ao “Lar dos Velhos - Entidade Beneficente Coqueirense” e famílias em vulnerabilidade social.

No Santuário de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa (Sete Capelas), no Alto do São Bento, em Ribeirão Preto, espaço aberto diariamente para orações devido a sua posição arejada e salubre, e que segue as recomendações das autoridades sanitárias: obrigatoriedade do uso de máscara, observar a distância de dois metros entre uma e outra pessoa, evitar tocar as superfícies e higienização das mãos; possibilitou aos fiéis a oportunidade de rezar e fazer a doação de alimentos destinada a “Pastoral Pão dos Pobres” da Basílica Menor Santo Antônio de Pádua que atende mensalmente 80 famílias cadastradas. Em algumas datas, previamente agendada, o Santuário também realiza a Exposição, Adoração e Bênção do Santíssimo.

A paróquia Santo Antônio de Pádua, no bairro Bento Quirino, em São Simão, nos dias 04 e 05 de abril, contou com o apoio de voluntários da paróquia para fazer a arrecadação de alimentos em prol de ao menos 50 famílias assistidas pela paróquia. As doações de alimentos puderam ser feitas tanto na Igreja Santo Antônio quanto nas comunidades São Benedito e Santa Izabel da Hungria, e as cestas básicas montadas foram distribuídas as famílias atendidas pela paróquia.

A Equipe São Francisco de Assis e o Movimento da Mãe Rainha (Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt), da Paróquia São Bento, em Cajuru, na impossibilidade de celebrarem presencialmente a missa de oferecimento mensal (Celebração da Aliança do Amor), quando fazem a arrecadação de alimento, contaram com a colaboração dos paroquianos para levar até a Igreja os alimentos. A arrecadação foi motivo de alegria para paróquia São Bento, pois possibilitou a montagem de 58 cestas básicas destinadas as famílias em situação de vulnerabilidade. Outra iniciativa paroquial uniu o Terço dos Homens Nossa Senhora Aparecida e o Grupo Animação Missionária (GAM) para a iniciativa “Quarentena Cajuru Solidária” com o objetivo de arrecadar alimentos e produtos de higiene a serem doadas as famílias cajuruense em situação de vulnerabilidade.

Solidariedade nas ruas
A Pastoral da Solidariedade da Paróquia São João Batista, em Ribeirão Preto, promove duas vezes por mês a entrega de refeições a pessoas em situação de rua e também faz a entrega de cestas básicas a famílias em vulnerabilidade. Na noite do dia 1º de abril, os voluntários da pastoral reuniram-se para cozinhar, preparar e distribuir 354 refeições (marmitas) em alguns pontos de Ribeirão Preto, observando as orientações sanitárias e prevenindo possíveis aglomerações. A ação solidária possibilitou a proximidade, o apoio, e a solidariedade às pessoas em situação de rua que neste período de pandemia devido a suspensão de vários serviços e o fechamento do comércio estão entre os grupos mais vulneráveis ao contágio do novo coronavírus. Para Lia Gomes, uma das colaboradoras, a sensação pelo serviço é de gratidão, e “precisamos agradecer por tudo que Deus gratuitamente nos dá, e agradecer sobretudo as pequenas coisas, e nada melhor do que poder partilhar com aqueles que nada tem”.

fonte: Arquidiocese de Ribeirão Preto